December 1, 2017

Please reload

Posts Recentes

O que é Psicanálise?

December 1, 2017

1/6
Please reload

Posts Em Destaque

Qual é a área de atuação de um Psicanalista?

February 10, 2014

 

O Psicanalista não é Psicólogo nem Psiquiatra.

 

Segundo o CB0 nº 2525-50 do Ministério do Trabalho e Emprego, a partir da formação ministrada nos Institutos e Sociedades de Psicanálise na modalidade de Cursos Livres, o Psicanalista depois de formado estará apto para atuar nas seguintes áreas: 

 

 1 - AVALIAR COMPORTAMENTOS INDIVIDUAL, GRUPAL E INSTITUCIONAL: Triar casos, entrevistar pessoas, levantar dados pertinentes, observar pessoas e situações, escutar pessoas ativamente. Investigar pessoas, situações e problemas, sistematizar informações, elaborar pareceres, responder a quesitos técnicos judiciais, devolver resultados (devolutiva).

 

 2 - ANALISAR, TRATAR INDIVÍDUOS, GRUPOS E INSTITUIÇÕES: Propiciar espaço para acolhimento de vivencias emocionais (setting), oferecer suporte emocional, tornar consciente o inconsciente, propiciar a criação de vínculos paciente-terapeuta, interpretar conflitos e questões, elucidar conflitos e questões, promover a integração psíquica, promover o desenvolvimento das relações interpessoais, promover desenvolvimento da percepção interna, mediar grupos, família e instituições para solução de conflitos, dar aula.

 

 3 - ORIENTAR INDIVÍDUOS, GRUPOS E INSTITUIÇÕES: Propor alternativas para solução de problemas, informar sobre o desenvolvimento do psiquismo humano, aconselhar pessoas, grupos e famílias, orientar grupos profissionais, orientar grupos específicos (pais, adolescentes, etc., assessorar instituições.

 

 4 - ACOMPANHAR INDIVÍDUOS  GRUPOS E INSTITUIÇÕES: Acompanhar impactos em intervenções, acompanhar o desenvolvimento e a evolução do caso, acompanhar o desenvolvimento de profissionais sem formação e especialização, acompanhar resultados de projetos, participar de audiências.

 

 5 - EDUCAR INDIVÍDUOS  GRUPOS E INSTITUIÇÕES: Estudar caso em grupo, apresentarem estudos de caso, ministrar aulas, supervisionar profissionais da área e de áreas afins, realizar trabalhar para desenvolvimento de competência e habilidades profissionais, formar psicanalistas, desenvolver cursos para grupos específicos, confeccionar manual educativo, desenvolver curso para profissionais de outras áreas, propiciar recursos para o desenvolvimento de aspectos cognitivos, acompanhar resultados de curas, treinamento.

 

 6 - DESENOLVER PESQUISAS EXPERIMENTAIS, TEÓRICOS E CLÍNICAS: Investigar o psiquismo humano, investigar o comportamento individual, grupal e institucional, definir o problema e objetivos, pesquisar bibliografias, definir metodologia de ação, estabelecer parâmetros de pesquisa, construir instrumentos de pesquisa, coletar dados, organizar dados, compilar dados, fazer leitura de dados, integrar produtos de estudos de caso.

 

 7 - COORDENAR EQUIPES DE ATIVIDADES DE ÁREAS AFINS: Planejar as atividades da equipe, programar atividades gerais, programar atividades da equipe, distribuir tarefas a equipe, trabalhar a dinâmica da equipe, monitorar atividades das equipes, preparar reuniões, coordenar reuniões, coordenar grupos de estudos, organizar eventos, avaliar propostas e projetos,avaliar e executar as ações.

 

 8 - PARTICIPAR DE ATIVIDADES PARA CONSENSO E DIVULGAÇÃO PROFISSIONAL: Participar de palestras, debates, entrevistas, seminários, simpósios, participar de reuniões científicas (Congressos, etc.), publicar artigos, ensaios de livros científicos, participar de comissões técnicas, participar de conselhos municipais, estaduais e federais, participar de entidades de classe, participar de evento junto aos meios de comunicação, divulgar práticas do psicanalista, fornecer subsídios às estratégias organizacionais, fornecer subsídios à formação de políticas organizacionais, buscar parcerias, ética e organizacional.

 

 9 - REALIZAR TAREFAS ADMINISTRATIVAS: Redigir pareceres, redigir relatórios, agendar atendimentos, receber pessoas, organizar prontuários, criar cadastros, redigir ofícios, memorandos e despachos, compor reuniões administrativas técnicas, fazer levantamento estatístico, comprar material técnico, prestar contas.

 

 10 - DEMONSTRAR COMPETÊNCIAS PESSOAIS: Manter sigilo, cultivar a ética,demonstrar ciência sobre o código de ética profissional, demonstrar ciência sobre a legislação pertinente, demonstrar bom senso, respeitar os limites de atuação, ser psico-analisado, ser psicoterapeutizado, demonstrar continência (Acolhedor), demonstrar interesse pela pessoa, ser humano, ouvir ativamente (saber ouvir), manter-se atualizado, contornar situações adversas, respeitar valores e crenças dos clientes, demonstrar capacidade de observação, demonstrar habilidade de questionar, amar a verdade, demonstrar autonomia de pensamento, demonstrar espírito crítico, respeitar os limites do cliente e tomar decisões em situações de pressão.

 

 É de competência do psicanalista ajudar o cliente a encontrar um caminho de equilíbrio interior.

Ao trazer para o plano consciente o conteúdo inconsciente (traumas, medos, lembranças, sonhos...) através de técnicas como: livre associação, interpretação dos sonhos, interpretação dos símbolos o profissional conduz o cliente no processo terapêutico que reorganiza traumas e conflitos interiores,  escavando no mais profundo do inconsciente humano as causas e respostas para o sofrimento psíquico promovendo melhora substancial. 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2014 Psicanalista Antonio Santos

Todos os direitos reservados.

Rua Graham Bell, 341 Santo Amaro- São Paulo/SP.

CEP: 04737-030